Pular para o conteúdo

Queijo mais caro do mundo custa R$ 160 mil

    Queijo mais caro do mundo custa R 160 mil

    Se você é um verdadeiro apreciador de queijos, já deve ter se perguntado até onde iria para provar uma iguaria. Um restaurante espanhol fez história ao desembolsar a incrível quantia de 30 mil euros (cerca de R$ 160 mil) por um único pedaço de 2,2 kg, estabelecendo um novo recorde mundial para o pedaço de queijo mais caro do mundo.

    A origem deste feito gastronómico está na cidade de Las Arenas de Cabrales, em Espanha, que todos os anos, no mês de agosto, se torna o epicentro de um concurso que celebra a excelência dos queijos Cabrales produzidos na região. Os primeiros colocados têm a honra de serem leiloados pelo maior lance. Mas o que o torna tão especial e, portanto, valioso?

    O vencedor do leilão do queijo mais caro do mundo
    Durante o leilão do queijo Cabrales 2023, o restaurante Llagar de Colloto, localizado em Oviedo, na Espanha, fez história ao adquirir um pedaço de queijo artesanal por um preço que deixou muitos boquiabertos: 30 mil euros, o equivalente a aproximadamente R$ 160 mil reais. Mas o que o torna tão único?

    Banner Site 300x250 1

    Fabricado pela queijaria Los Puertos de Poo, este queijo de 2,2 kg é uma verdadeira obra-prima. Produzido com uma mistura de leite de vaca e cabra e amadurecido durante vários meses numa gruta das majestosas montanhas de Los Picos de Europa, conquistou o júri como o melhor entre quinze exemplares apresentados por talentosos produtores locais. Guillermo Pendás Bada, criador do queijo vencedor, comentou: “Sabíamos que tínhamos um bom pedaço, mas também estávamos conscientes dos desafios da competição”.

    Curiosamente, Llagar de Colloto tem tradição de superar seus concorrentes pelo melhor pedaço de queijo Cabrales. Em 2018, o restaurante pagou 14 mil euros (cerca de 93 mil reais) pelo vencedor do concurso, e, no ano seguinte, investiu mais 20,5 mil euros (cerca de 136 mil reais) pelo exemplar mais bem avaliado. Agora, novamente, eles desistiram de uma quantia significativa de dinheiro para garantir o primeiro lugar.

    Para os habitantes de Las Arenas de Cabrales, o queijo é mais do que apenas comida: é uma tradição enraizada e motivo de orgulho. Cabrales é um produto artesanal, preparado com leite de vaca cru ou uma combinação de dois ou três tipos de leite: vaca, ovelha e cabra. O que torna Cabrales ainda mais diferente é o seu processo de maturação, que ocorre em cavernas naturais nos Picos da Europa.

    As condições húmidas e a presença de fungos semelhantes à penicilina nesta região favorecem o desenvolvimento das características únicas deste tipo, como as estrias e manchas azul-esverdeadas que o tornam reconhecível em qualquer lugar.

    Ao final do processo de maturação, o queijo apresenta as seguintes características: formato cilíndrico, 7 a 15 cm de altura, diâmetro e peso variáveis. Casca macia, fina e cremosa, de cor cinzenta com zonas amarelo-avermelhadas. Pasta de consistência untuosa, com graus variados de coesão, compacta. O teor de gordura não é inferior a 45% da matéria seca. O teor mínimo de umidade de 30%. Com o tempo, o queijo Cabrales conquistou não só a Espanha, mas toda a Europa e não só. Em 2022, foram vendidos cerca de 66.000 kg deste tipo só na União Europeia.

    Banner Site 300x250 1

    A saga de Llagar de Colloto ao ganhar o melhor lance no leilão de queijos Cabrales é mais do que uma simples competição; é uma celebração da paixão e do apreço pela gastronomia. E, para quem se atreve a questionar se um pedaço de queijo vale tanto investimento, a resposta pode estar na próxima mordida.

    Com Agronews

    (Tatiane Bertolino/Sou Agro)


    Jornal do campo
    Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão?

    Fonte
    Gostou das nossas dicas? Possui alguma outra que gostaria de compartilhar com a gente?
    Escreva para nós nos comentários!

    Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo