Pular para o conteúdo

Mercado do gado continua em alta?

    Mercado do boi gordo continua em alta no país

    Mercado físico de gado

    MT Sustentável pantanal mato grosso pecuária gado pecuária pantaneira
    Mercado do gado continua em alta? 4

    Ritmo significativo de negociações mesmo às vésperas de feriado

    O mercado físico de gado continua apresentando solidez, com um ritmo significativo de negociações, mesmo às vésperas de um feriado prolongado. Segundo informações da Consultoria de Culturas e Mercado, frigoríficos realizaram aquisições com sucesso durante a quarta-feira, preparando-se para o feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida.

    Esse padrão de negócios tem se repetido e a incógnita está no apetite de compra após o feriado, especialmente na sexta-feira, dia tradicionalmente mais calmo, conforme explica o analista Fernando Henrique Iglesias.

    Vale ressaltar que os indicadores de demanda por carne bovina, principalmente no mercado interno, são promissores, uma vez que nos aproximamos do pagamento do décimo terceiro salário, da criação de empregos temporários e de outros benefícios inerentes a este período, acrescentou o analista.

    Preços do gado vivo em diferentes regiões

    Confira os preços do gado vivo em diferentes regiões:

    • São Paulo, Capital: R$ 239 por arroba.
    • Goiânia, Goiás: R$ 230 por arroba.
    • Uberaba, Minas Gerais: R$ 235 por arroba.
    • Dourados, Mato Grosso do Sul: R$ 236 por arroba.
    • Cuiabá: R$ 203 por arroba.

    Gado no atacado

    No mercado atacadista, os preços do gado continuaram estáveis ao longo do dia. Segundo Iglesias, o estímulo ao consumo diminui à medida que o impacto do recebimento de salários se dissipa. Para a segunda quinzena do mês, o ambiente de negócios apresenta menor probabilidade de recuperação dos preços. Além disso, apesar do recente aumento nos preços da carne de frango, os preços da carne bovina permanecem menos competitivos, observou Iglesias.

    • O traseiro continua custando R$ 18,60 o quilo.
    • O trimestre dianteiro custa R$ 14,30 o quilo.
    • A ponta da agulha permanece em R$ 14,30 o quilo.

    Gostou das nossas dicas? Possui alguma outra que gostaria de compartilhar com a gente?

    Conclusão:

    O mercado físico de gado tem se mantido sólido, com um ritmo significativo de negociações mesmo às vésperas de um feriado prolongado. Os frigoríficos têm realizado aquisições com sucesso como preparação para o feriado nacional. A incógnita está no apetite de compra após o feriado, mas os indicadores de demanda por carne bovina são promissores, especialmente no mercado interno.

    1. Quais são as perspectivas para o mercado físico de gado após o feriado prolongado?

    As perspectivas ainda são incertas, pois tudo dependerá do apetite de compra dos frigoríficos na sexta-feira, que é tradicionalmente um dia mais calmo.

    2. Por que os indicadores de demanda por carne bovina são promissores?

    Os indicadores são promissores devido à proximidade do pagamento do décimo terceiro salário, criação de empregos temporários e outros benefícios típicos deste período, que estimulam o consumo de carne.

    3. Quais são os preços do gado vivo em diferentes regiões?

    Os preços do gado vivo são os seguintes: R$ 239 por arroba em São Paulo, R$ 230 por arroba em Goiânia, R$ 235 por arroba em Uberaba, R$ 236 por arroba em Dourados e R$ 203 por arroba em Cuiabá.

    4. Qual é a situação dos preços do gado no mercado atacadista?

    No mercado atacadista, os preços permaneceram estáveis durante o dia, mas há uma menor probabilidade de recuperação dos preços na segunda quinzena do mês. Além disso, os preços da carne bovina estão menos competitivos em comparação com os preços da carne de frango.

    5. Quais são os preços das diferentes partes do gado no mercado atacadista?

    O traseiro custa R$ 18,60 o quilo, o trimestre dianteiro custa R$ 14,30 o quilo e a ponta da agulha permanece em R$ 14,30 o quilo.

    boi 1
    Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo
    Escreva para nós nos comentários!

    Verifique a Fonte Aqui